DAOP

Como evitar o surgimento de varizes e vasinhos?

Os vasinhos são pequenos vasos que se tornam visíveis abaixo da pele, tendo a cor avermelhada. As varizes são mais graves: veias maiores são afetadas, e aparecem sob a pele com cor azulada. Não sendo tratado, o quadro pode se agravar, contribuindo para a ocorrência de hipertensão venosa nos membros inferiores.

O paciente pode acabar, inclusive, sofrendo com insuficiência venosa profunda, quadro que pode levar a pessoa a desenvolver dor e peso nas pernas. Trombose também pode ocorrer. Além disso, a questão estética deve ser considerada.

A boa notícia é que para ambos os casos há tratamento. O melhor, no caso de qualquer doença, é prevenir. Os sintomas não são nada agradáveis, sendo os mais comuns: dores tipo peso e cansaço nas pernas, coceira, desconforto, inchaço e alterações na pele.

Vale lembrar que, embora a incidência em mulheres seja bastante superior, são os homens que correm o maior risco. Além de não se prevenirem, costumam buscar atendimento médico quando a doença está numa fase mais avançada. Um dos motivos para essa procura tardia pelo especialista pode ser a preocupação menor com o fator estético se comparados às mulheres.

Evitando o surgimento de varizes e vasinhos

A ocorrência de varizes e vasinhos está associada à predisposição genética. De qualquer forma, é possível adotar práticas preventivas. Pessoas que tenham predisposição devem começar o quanto antes.

A predisposição genética é evidenciada pela ocorrência de casos na família. Além disso, fatores como sedentarismo, tabagismo, consumo de anticoncepcionais e ficar longos períodos em pé ou sentado contribuem para o aparecimento das varizes.

Abaixo, algumas medidas preventivas que todos devem tomar:

  1. Pratique atividade física: Falar em atividade física é redundante. No caso das varizes, o principal benefício é o fortalecimento dos músculos, sobretudo da panturrilha, que, ao se contrair, faz com que o sangue seja bombeado com mais vitalidade das pernas em direção a o coração, evitando o acúmulo nos vasos.
  2. Controle o peso: Controlar o peso também é recomendado. No caso das varizes essa necessidade está ligada ao fato de que a gordura acumulada aumenta a pressão sobre os vasos, principalmente nos membros inferiores e na região abdominal.
  3. Atenção aos anticoncepcionais: Mulheres que usam anticoncepcionais devem ter atenção redobrada com as varizes. Esses remédios contêm progesterona e estrogênio, hormônios que dilatam as veias, e que dificultam o fluxo sanguíneo entre as pernas e o coração. Se não for possível evitar as pílulas, é preciso intensificar outros cuidados.
  4.  Use meias de compressão: As meias de compressão diminuem a pressão gravitacional sobre os vasos sanguíneos,  e assim facilita o retorno do sangue da perna ao coração.
  5.  Abandone o cigarro: Substâncias como a nicotina aumentam a viscosidade do sangue e dificultam a circulação.
  6.  Evite ficar muito tempo na mesma posição: Ficar muito tempo na mesma posição, seja sentado ou em pé, aumenta a pressão gravitacional sobre as veias. Para quem trabalha parado na mesma posição, recomenda-se levantar a cada duas horas e caminhar, inclusive fazendo exercício de contração da panturrilha, que consiste em erguer-se sobre as pontas dos dedos.
  7.  Alimentação adequada: Para evitar varizes e vasinhos, é recomendada uma boa alimentação, com dieta que inclua frutas, principalmente as que melhoram a circulação (laranja e limão), além de verduras, legumes, cereais integrais, peixes, ovos e carne branca. Evite frituras, leite, bebidas alcoólicas e carnes vermelhas.

Quer saber mais?Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como médico cirurgião vascular e endovascular em Andradina. 

Comentários
Dr. Fábio Aprigio

Posted by Dr. Fábio Aprigio